Evandro e Claudia

Vale do Loire - Parte 02/02

Castelo de ChavernyNosso segundo e último dia no Vale do Loire iniciou-se com a visita ao Castelo de Cheverny. Ele é atualmente habitado pelos descendentes da família Hurault, o Marques e a Marquesa de Vibraye, cujos apartamentos estão localizados numa ala restrita ao público.

 

Da fortaleza primitiva edificada em 1500 só restam alguns vestígios, situados nas atuais dependências. Entre 1624 e 1640 foi construído um novo castelo. A decoração suntuosa reproduz elementos relativos ao Egito. Aqui descobrimos algo que nos intrigava desde o inicio de nossas visitas aos castelos. Sempre pensamos que as pessoas deviam ter uma estatura muito baixa, pois achávamos as camas muito pequenas, mas em Cheverny descobrimos que na verdade as pessoas dormiam sentadas, pois a posição deitada era reservada aos mortos e todos tinham medo de engolir a própria língua.

 

O castelo também possui um grande parque e jardins. Nossa visita foi rápida e não aproveitamos as belezas naturais do complexo.

 

Castelo de ChambordDeixamos Cheverny na expectativa de conhecer o mais famoso dos castelos, Chambord. A construção deste inicia-se em 1519 com o rei Francisco I que tinha apenas 25 anos na época. Apaixonado pela caça e bem ambicioso o rei empreende a construção de Chambord conservando, na sua concepção, a aparência de uma fortaleza medieval (uma torre central cercada por quatro grandes torres, duas alas e uma muralha).

 

Idealizado como um retiro de caça, o castelo possui arquitetura que fez dele o castelo de todos os exageros: 156 metros de comprimento, 56 metros de altura, 77 escadas, 282 chaminés e 426 divisões. Contudo sua silueta seduz pela graça e equilíbrio.

 

Na torre central, eleva-se uma célebre escadaria dupla que serve aos três pisos do castelo. Esta é formada pelo entrançado de duas escadas em caracol que sobem em volta do núcleo oco central. Este conjunto serve de apoio a torre farol. Duas pessoas que utilizem, cada uma, um dos lances de escadas, podem se ver através das aberturas existentes no núcleo mas nunca se encontram!

 

Nós testamos, é super legal...ficamos imaginando como seria brincar de esconde-esconde ou pique-pega nesse castelo...

 

A ornamentação desta escadaria esculpida é considerada uma das obras primas da Renacença Francesa. Em cada piso em redor da escadaria abrem-se quatro vestíbulos formando uma cruz. Estas salas dividem-se quatros blocos de habitação perfeitamente idênticos entre si. Este plano extremamente inovador e o engenho da escadaria central sugerem que Leonardo da Vinci, que veio para França a pedido de Francisco em 1516, possa ter sido um dos inspiradores do projeto.

 

É do terraço do castelo que se tem as melhores vistas da arquitetura dos telhados que misturam o gótico e a renascença italiana e é o lugar ideal para as melhores fotos do castelo.

 

A propriedade conta com 5440 hectares cercada por um muro de 32km de comprimento e aberto por seis portões. É atualmente o maior parque florestal fechado da Europa e reserva nacional de caça, abrigando uma fauna de numerosos animais em total liberdade.

 

 

Divertindo-se em Chambord

É realmente um lugar delicioso e recomendamos passar pelo menos um dia inteiro por Chambord, pois há muito que conhecer e fazer neste imenso parque. Tivemos a oportunidade de almoçarmos por lá e depois ficarmos deitados na grama descansando e observando as pessoas passarem. Foi uma experiência muito gostosa.

 

Um fato bastante interessante e diferente de muitos dos lugares que fomos antes é que em todos os castelos do Loire que visitamos havia material em Português. Em todos tinham folhetos e em alguns também o áudio-guia.

Bom, podemos afirmar que fechamos a França, ou melhor, essa etapa da viagem com chave de ouro. Só temos a agradecer ao nosso amigo Nelson por nos permitir conhecer o  César e a Celine. E agradecer a eles, é claro, pelo tempo dedicado a nós para passar tão valiosas informações. Sem essas dicas nossas experiências, nesta primeira etapa da viagem, não teriam sido tão prazerosas. Tivemos a certeza de que quando saímos um pouco dos tradicionais roteiros turísticos pudemos nos deparar com belos lugares e com vasta história.

 

{sfx rss='http://picasaweb.google.com.br/data/feed/base/user/fotosevandroeclaudia/albumid/5500173669590783745?alt=rss&kind=photo&hl=pt_BR'display='album'}

 

Link do Picasa: http://picasaweb.google.com.br/fotosevandroeclaudia/ValeDoLoire2#