Evandro e Claudia

Vale do Loire - Parte 01/02

Castelo e Jardins de VillandryO Vale do Loire é conhecido como o Jardim da França, nele existem mais de 300 castelos que foram construídos ao longo dos séculos. Sua beleza tanto pela arquitetura como pelas paisagens naturais são realmente encantadoras.

 

Nós iniciamos nossa visita no dia 19/07 pelo “Château e Jardins de Villandry”. Este foi concluído por volta de 1536 e é o último dos grandes castelos construídos nas margens do rio Loire durante a época renascentista. Podemos dizer que esse é um castelo relativamente pequeno quando o comparamos com a magnitude de Versailles, entretanto ele está muito bem conservado e contém  praticamente todos os móveis em perfeito estado.

 

Saindo do castelo pelo segundo-piso entramos nos jardins que, sem dúvida alguma, é o  mais belo de todo esse conjunto e acho que podemos dizer que foi o que mais nos impressionou em todos os jardins visitados. São ao todo 7 Jardins:

  • Detalhes do Jardim de VillandryO Jardim Decorativo, situado acima da horta, é um prolongamento dos salões do castelo, podendo-se ter acesso ao mesmo saindo pelo segundo piso. Esse jardim é formado por quatro quadrados que constituem os “Jardins d’Amour”.
  • Os Bosques constituem uma área de mata fechada pela qual pode caminhar por trilhas e ter lindas vistas do vilarejo e do castelo.
  • O Jardim da Água está situado acima do jardim decorativo, tem uma inspiração clássica e contorna um grande lago em forma de espelho.
  • O Jardim do Sol foi o último a ser criado e é um lugar desconcertante, constituído por três espaços verdes: sendo o quarto das nuvens com arbustos e plantas azuis e brancas, em tons de laranja e amarelo encontramos o quarto do sol e por fim o quarto das crianças com lindas macieiras e brinquedos infantis.
      
  • Tem-se ainda O Labirinto plantado de cárpeas, simbolizando o percurso terrestre do homem. Tem uma inspiração cristã, não apresenta contrariamente ao labirinto grego, caminhos sem saída. O objetivo do visitante não é encontrar uma saída, mas elevar-se humanamente e espiritualmente, chegando à uma encantadora cabana central.
  • Temos por fim, o Jadim dos Simples situado entre a Horta e a Igreja formado por ervas aromáticas, condimentares e medicinais, e através dele chegamos à Horta que é composta por nove quadrados que, embora de dimensões idênticas, integram no seu interior padrões geométricos diferentes. Nesses quadrados estão plantados legumes. Além disso, a Horta é cercada por uma parreira de uvas.

Foi realmente uma visita fantástica. Saímos de Villandry em direção a Chenonceou e fizemos uma pequena parada no caminho para fotografar uma das várias plantações de girassóis que vimos nessa região. É uma coisa magnífica de observar-se e não resistimos à beleza.

 

 

Plantação de Girassóis

 

Chegando no Castelo de Chenonceou saímos do estacionamento direto para uma área de piquenique muito tranqüila a beira de um riacho. Fizemos um lanche para suportar o restante do dia e compramos nossos tickets de entrada. Neste castelo o Áudio-Guia era diferente. Numa parceria com a Apple eles ofereciam na verdade um Vídeo-Guia e o visitante, por uma taxa adicional, recebe um Ipod Classic com fotos, vídeos e áudio sobre o castelo. Não resistimos a novidade e pegamos um para conferir.

 

Chateau de ChenonceouEsse castelo foi construído sobre o rio Cher no século XVI e é considerado o castelo das Damas. Por ele passaram Diana de Poitiers que foi a favorita do rei Henrique II, entretanto em 1559 com a morte do rei em um combate num torneio contra o capitão dos seus guardas escoceses, Catarina de Médicis, sua viúva, tornou-se regente da França e pediu a Diana que restituísse Chenonceau. Governou a França deste palácio e foi sobre seu comando que conclui a obra de extensão do castelo sobre o rio, permitindo-se ir de uma margem à outra por dentro do complexo.

 

Aqui também notamos uma decoração muito detalhada principalmente nos elementos funcionais da casa, como a cozinha, por exemplo.

 

Chenonceou como todos os castelos possui uma área externa muito grande com diversos Jardins, contando também com um Labirinto Italiano, nos mesmos moldes do que vimos em Villandry. Mas não podemos negar que o que mais encanta nesse palácio é observar a obra, a arquitura sobre o rio e vê-lo refletido na água. É realmente magnífico.

 

Castelo de Leonardo da VinciSaímos a cair da tarde e nos dirigimos para a cidade de Amboise onde visitamos o Castelo de Cloux, também conhecido por Clos Lucé. A residência, construída em 1471, é constituída por dois edifícios de dois andares dispostos perpendicularmente de cada lado de uma torre octogonal em ângulo que abriga uma escada em caracol. A figura de maior destaque que passou pela porta em ogiva do Clós Lucé, pelo menos no que se refere à genialidade, foi Leonardo da Vinci. Convidado pelo rei Francisco I a instalar-se na França, Leonardo estabeleceu-se no castelo em 1516. Rodeado pela amizade fervorosa do Rei e de sua irmã Margarida de Navarra, aqui Leonardo teve toda a liberdade para sonhar, pensar e trabalhar. Foi nesta residência que Leonardo viveu feliz os seus últimos três anos de vida, pintando e trabalhando sobre as suas múltiplas paixões.

 

O Castelo está decorado interiormente com obras e invenções deste célebre personagem da história, bem como o parque acerca do palácio que contem em tamanho real de diversas do que teriam sido inversões deste grande criador.Invenções de Leonardo da Vinci

Gostamos bastante do que vimos. É muito legal ver os rascunhos e projetos feitos em papel por Da Vinci e depois ver estas obras concretizadas nos modelos expostos. Realmente Leonardo Da Vinci era um grande Artista, no sentido mais amplo da palavra.

 

Ao final do dia dirigimos até Blois onde passaríamos a noite. No dia seguinte, 20/07, deixamos o hotel em direção ao Chateau de Cheverny. Iremos contar como foi em nosso próximo post. Não percam!

 

{sfx rss='http://picasaweb.google.com.br/data/feed/base/user/fotosevandroeclaudia/albumid/5499421712569269361?alt=rss&kind=photo&hl=pt_BR'display='album'}

 

Link do Picasa: http://picasaweb.google.com.br/fotosevandroeclaudia/ValeDoLoire#